Geral

Ameaças da UNIB aos professores são criminosas

Atualizada em 12/02/2009 11:22

Em resposta às mentiras que têm sido divulgadas pelos mantenedores da UNIB, o SINPRO-SP esclarece:

1. Todo o rito de greve previsto na legislação foi rigorosamente obedecido pelo Sindicato: desde o quorum necessário para que a paralisação fosse aprovada até os procedimentos administrativos que, em situações dessa natureza, devem ser cumpridos junto à empresa empregadora;
2. durante a greve, nenhum professor pode sofrer qualquer tipo de ameaça ou punição por sua participação no movimento, muito menos ser demitido. A ocorrência de qualquer uma dessas situações implica em crime contra a organização do trabalho, com penas severas para a empresa.

Os professores da UNIB têm ao seu lado a transparência e a retidão com que o SINPRO-SP conduz sua luta, digna e justa. Portanto, devem resistir às pressões que estão sofrendo e acreditar que os mantenedores da instituição só agem com a truculência que temos observado porque perderam o senso do ridículo.