Ensino superior

Greve dos professores da UNIB continua

Atualizada em 13/02/2009 15:33

Os professores da Universidade Ibirapuera reunidos em assembleia no SINPRO-SP decidiram manter a greve. Os salários continuam atrasados e os mantenedores só divulgam promessas, sem qualquer solução efetiva.

Nesta quarta-feira, 18/2, às 15h, a Comissão de Educação da Assembléia Legislativa de São Paulo fará uma audiência pública - por iniciativa do deputado Carlos Gianazzi - para discutir a crise na UNIB também na UNISA. Todos os professores estão convidados a participar.

Ficou marcada para o dia 19/2, a partir das 19h, nova manifestação dos professores na porta das unidades da UNIB.