Geral

Assembleia dos professores da São Marcos dia 15/6, às 19h

Atualizada em 09/06/2009 11:18

Os professores da São Marcos reunidos no SINPRO-SP fizeram um balanço da grave situação pela qual passa o corpo docente da universidade. Sem perspectiva para a solução dos problemas, continuam sem saber quando vão receber os salários, quando as parcelas dos atrasados serão pagas, quando FGTS e o INSS serão depositados...

A situação se tornou insustentável. Por isso, os professores vão analisar os rumos da greve e decidir na assembleia da próxima segunda-feira, 15 de junho, às 19h (no campus Santa Paulina), as medidas que vão tomar contra o descaso dos mantenedores.

Os professores também decidiram encaminhar denúncias ao MEC, para que o órgão interfira com o objetivo de por fim ao descalabro em que se tornou a São Marcos. O endereço eletrônico da chefia de gabinete do ministro Fernando Haddad é chefiadegabinetegm@mec.gov.br