Geral

Professores aprovam pauta de reivindicações para a campanha salarial 2010

Atualizada em 27/11/2009 16:01

Reunidos em assembleia no SINPRO-SP, no último dia 26, os professores aprovaram a pauta de reivindicações da categoria para a campanha salarial do próximo ano. Aumento real de salário e a regulamentação do trabalho extra do professor com o uso das novas ferramentas tecnológicas são algumas das principais questões que serão levadas aos sindicatos patronais na mesa de negociação.

O aumento significativo de responsabilidades que vêm sendo delgadas aos docentes com as atividades desenvolvidas pelo computador precisa ser devidamente remunerado. “Os professores estão assumindo novos compromissos, mais trabalho com essas ferramentas disponíveis”, explica Luiz Antonio Barbagli, presidente do SINPRO-SP. “Temos que discutir isso agora com os patrões, de forma a disciplinar essa carga extra, que não é mais somente aquela prevista no pagamento da hora-atividade”, completa Barbagli.

O tema foi amplamente discutido durante a assembleia. Conhecer a realidade dos professores com uso das novas ferramentas tecnológicas é importante para fomentar as negociações salariais. Afinal, como tem sido sua rotina de trabalho com essas novas ferramentas? Você pode ajudar nessa discussão ao participar do fórum disponível no site do Sindicato .

A pauta aprovada também prevê também a assinatura das convenções coletivas de trabalho com validade bianual e o ajuste de redação de algumas cláusulas, além, é claro, da manutenção de todos direitos coletivos da categoria, tais como hora-atividade, recesso e garantia semestral de salários, só para citar alguns.

Previsão orçamentária
Durante a assembleia, os professores também aprovaram a previsão orçamentária para o Sindicato em 2010. Veja aqui