Ensino superior

Professores da Unip não devem responder à redução de aulas

Atualizada em 23/06/2020 12:05

O SinproSP entrou em contato com a Unip pedindo o cancelamento do telegrama sobre redução de carga horária para o próximo semestre letivo enviado aos professores. Por isso, orienta que ninguém responda ao comunicado, verbalmente ou por escrito,  até nova orientação.

O telegrama não informa não informa quantas aulas a Unip propõe reduzir e ainda solicita que o professor que discordar da “redução” deve fazê-lo por escrito, no prazo de cinco dias. Alerta ainda que a “ausência de manifestação caracterizará o aceite da possível redução”.

É evidente que ninguém pode discordar ou concordar de algo que não conhece. Caso concorde, dará carta branca para o empregador ter total controle sobre a carga horária, os salários e, consequentemente, a vida dos professores.  Se discordar a priori, estará abrindo mão do legítimo direito de escolha, que só pode existir sobre algo que se conhece.

Nao há dúvida de que a inicitiva da Unip é abusiva e por isso não pode ser mantida. O SinproSP já comunicou por email os professores que estão cadastrados no Sindicato como docentes da Unip e disponibilizou um email exclusivo para orientar e receber denúncias. O sigilo é totalmente garantido. Basta escrever para unip@sinprosp.org.br