Direitos

Uso do FAT para cobrir dívidas agrícolas provoca indignação

Atualizada em 10/04/2007 17:33

A intenção do governo em cobrir dívidas do setor agrícolas com o Fundo de Amparo do Trabalhador (FAT), por meio da edição de uma medida provisória, provocou indignação generalizada.

Pela proposta, os produtores rurais teriam condições de refinanciar suas dívidas - calculadas em R$ 4 bilhões – com recursos do FAT, um fundo, vinculado ao Ministério do Trabalho, que serve para custear o programa do seguro-desemprego, abono salarial e a financiamento de programas de desenvolvimento econômico. Dinheiro, portanto, dos trabalhadores.

O repúdio a proposta foi tão grande que o próprio Ministro do Trabalho já declarou que pode recuar na assinatura da MP. Enquête realizada pelo portal estadao.com.br mostrou que mais de 60% dos leitores discordam do uso do FAT para esse fim.

O SINPRO-SP acompanhará com a atenção o assunto.