Voz do professor

Dia mundial da voz: alerta para a importância dos cuidados preventivos

Atualizada em 13/04/2007 10:31

16 de abril é conhecido mundialmente como o dia da voz. A data tem o objetivo de divulgar a importância da voz e alertar a população sobre os problemas, em especial os profissionais que mais sofrem com alterações vocais, como é o caso dos professores. Essa data serve para esses profissionais como um alerta para a importância dos cuidados preventivos.

O Sindicato mantém em sua sede o Programa de Saúde Vocal cuja meta principal é justamente orientar os docentes a evitar que o problema apareça. Esse trabalho, que já existe há mais de seis anos, garante avaliação, orientação, aprimoramento e tratamento vocal. O serviço é totalmente gratuito e funciona em parceria com o Centro de Estudos da Voz (CEV).

“Os professores são profissionais que usam a voz de maneira intensa, por muitas horas do dia, muitas vezes em condições físicas inadequadas e dificilmente possuem durante a formação orientação e treinamento vocal”, explica a fonoaudióloga do SINPRO-SP, Fabiana Copelli Zambon. “Quando não temos a informação sobre determinado assunto, dificilmente realizamos cuidados específicos para prevenir possíveis alterações e só procuramos orientação profissional quando sentimos alguma alteração”, completa.

a agendar uma avaliação vocal, basta ligar para o Sindicato (5080-5988) ou enviar um e-mail para voz@sinprosp.org.br. Confira no quadro abaixo os dias e horários de atendimento do Programa. É possível também consultar dicas e orientações no guia “Bem-estar vocal – uma nova perspectiva para cuidar da voz”, elaborado pelo Sindicato e o CEV. Clique aqui para ler.

Origem do dia mundial da voz
A data teve início no Brasil em 1999 com a iniciativa de médicos, fonoaudiólogos e professores de canto que pertenciam a Sociedade Brasileira de Laringologia e Voz (SBLV) e chamava-se Dia Nacional da Voz. Essa iniciativa foi seguida por outros países e, em 2002, passou a ser lembrada mundialmente.

Programa de Saúde Vocal
dias e horários do atendimento

Segundas, das 16h às 19h
Terças, das 16h às 19h
Quartas, das 15h às 17h
Quintas, das 16h às 19h
Sextas, das 15h às 17h
Sábados, das 9h às 12h