Ensino superior

UNIB: continua o desrespeito

Atualizada em 25/07/2007 11:58

Em um ato de claro desrespeito aos professores, a Universidade Ibirapuera não compareceu à audiência no Ministério Público do Trabalho na última terça-feira, 24/07, para dar explicações sobre as irregularidades nas homologações dos professores demitidos. “Como a UNIB, notificada, não compareceu, fica demonstrada a falta de vontade de negociar”, aponta o Ministério Público na ata da audiência.

Para a diretoria do SINPRO-SP, a ausência dos representantes da universidade mostra mais. Deixa explícita a má fé, a intenção de descumprir a legislação, coagindo os professores a assinar termos que lhes tirem o direito de reivindicar na justiça seus direitos.

A denúncia feita pelo Sindicato ao Ministério Público do Trabalho durante a audiência foi considerada grave pelo “descumprimento de normas trabalhistas e tentativa de fraude por simulação das verbas rescisórias”, como aponta a ata. Por isso, o MPT tomará todas as medidas para apurar as irregularidades, acionando inclusive a Delegacia Regional do Trabalho, para que o problema seja resolvido o mais rápido possível.

O SINPRO-SP lembra mais uma vez que todos os professores demitidos devem comparecer ao departamento jurídico para dar início nos processos individuais contra a UNIB.

Leia mais:
» Ministério Público do Trabalho convoca UNIB a dar explicações
»
SINPRO-SP denuncia UNIB ao Ministério Público do Trabalho
» UNIB complica a vida de professores demitidos